TRAPOERABA OU MARIANAS

TRAPOERABA OU MARIANAS

Vistas misturada em pastos ou locais de umidade como beira de rios, plantações principalmente de bananeiras, goiabeiras e uvas onde se desenvolve nas sombras e se espalham como gramas ao chão. No entanto isso não é uma definição absoluta, há entre as marianas espécies que adoram solo arenoso e quente, quase sem água como no caso das commelina africanas sp; ou como definida em seu ambiente natural, Oruka eti ti Osun – brinco de Oxum ou ainda Lukaia Lumbisu – Folha de verdura, ou ainda King’eleng’ele  ua Luvuma – Brinco de flor e uma diversidade enorme de nomes locais.

Lá são usadas não somente como refogado mas principalmente como medicinal, para problemas renais, reumatismo, herpes, hemorroidas, ascite, hidropisia  e etc…

São de diversas variedades, mas a mais conhecida é a de cor azul, (Commelina erecta L.).

Recebe pelo continente e pelo mundo uma diversidade de nomes como todas as plantas e ervas o que causa uma confusão para os que estudam ou querem obter informação sobre as mesmas.

Alguns deles são: Andaca, capim-gomoso, grama-da-terra, grama-do-maranhão, maria-mole, marianinha, tracoeraba, capoeraba, trapoeraba, trapoerabana, Didi-da-Porteira; Erva-de-Santa-Lúcia; Erva-Menina; Erva-Mijona; Flor-das-Lavadeiras; Olhos de Santa Luzia)

Vamos tentando separar então as “Marianinhas” por imagens para ficar mais fácil de identifica-las, já que todas são chamadas de Trapoeraba e tem uma família vasta com variedades imensas ao ponto de algumas nem darem flores, outras mesmo bem parecidas tem diferenças em tamanho e posicionamento da flor e outras ainda dão apenas botões que não se abrem nunca. Se isso é variedade ou problema com o meio ambiente não sei, apenas vi e algumas tive eu a oportunidade de registrar em fotos.

Embora não tenha me aprofundado nos estudos das mesmas, são ervas ditas daninhas¹, como se elas danificassem algo quando a bem da verdade quem danifica a natureza é outra espécie que não é vegetal e sim animal conhecida como Homo sapiens, que onde pisa destrói, consome e modifica, inclusive causando desequilíbrio entre animais e vegetais para depois nomeá-los como daninho, pragas e coisas do gênero.

Concepções de visões a parte várias marianinhas servem de alimento para animais como forragem e também para nós humanos como alimento e como remédio.

A Tripogandra diurética, é utilizada aqui no Brasil como alimento refogada como espinafre e servida, usa-se toda sua parte aérea com talos folhas e flores. E como remédio catam-se as flores para um preparo de chá usado como diurético e para perda de peso além também de ser utilizado para outras enfermidades relacionadas ao sistema diurético, tais como blenorragias, cistites, uretrite e etc…

Seu chá medicinal, no entanto segundo dizem faz muito mais efeito quando suas folhas, flores e hastes são primeiro ressecados para depois serem usados na infusão do chá.

A variedade africana dessa família que tem como diferencial a cor e local preferido de se instalar com sua flor amarela e assim como comestíveis fazem partes de rituais dos cultos africanos como remédios elaborados também a base de chás e de misturas com outras ervas.

O mais importante é saber identificar cada uma delas com perfeição pois somente da variedade que tem a flor azul aqui no brasil existem várias, umas maiores, outras menores, outras ainda bem recolhidas ao ponto de nem abrirem.

Deixarei aqui imagens sendo algumas minhas de meu jardim e outras de sites da rede.

Esse material como todos os outros aqui presentes não tem nenhum fim lucrativo e apenas de informação, caso sinta-se ofendido por seus direitos peça em particular pelo email ( Kambami@gmail.com) que retirarei sua imagem e o link de seu espaço o mais breve possível..

 

Commelina erecta L.

Trapoeraba azulTrapoeraba azul1 trapoeraba azul2

 

Commelina diffusa Burm. f.

Commelina diffusa Burm. f.

 

Tradescantia zebrina

Trapoeraba zebrinha

Tripogandra diurética

Tripogandra diurética - Trapoeraba lilás Tripogandra diuretica (Mart.) Handlos1

 

Tradescantia palida purpúrea

???????????????????????????????

Tradescantia fluminensis / umbraculifera

Tradescantia umbraculifera (Trapoeraba-branca)

Commelina africana sp.

Commelina_africana1 - commelina amarelo; (Port.) geeleendagsblom (Afr). Commelina_africana2 - commelina amarelo; (Port.) geeleendagsblom (Afr).

 

Commelina benghalensis L.

Commelina_benghalensis_L._(9076580538)

 

Commelina difusa

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Algumas variedades não identificadas

Commelina1 IMG_20150105_075724938 Trapoeraba roxa

Remédios e comidas

180_1342_1 P9200415 trapoeraba -salada

 

Mapa da Distribuição

map_of_Commelina_diffusa

 

Fontes de imagens:

http://panelasdecapim.blogspot.com.br/2013/09/bobo-de-abobora-com-banana-da-terra-e.html#.VMfuvtLF9y5

http://fernkloof.com/species.mv?394

 

Pesquisa realizada por Kambami

Anúncios

Sobre KAMBAMI

Uma metamorfose humana do conhecer e aprender. Simples porém exigente. Bem sobre o autor desse blog, me parece ser um cara legal, gosta de conversar, dar pitacos aqui e acolá. Procuro ser o mais sincero que a vida me permite, adoro amizades, sou tímido acreditem também uma metamorfose ambulante como diria Raul. Adoro cozinhar, mas na escrita sou mesmo comilão, como acento, concordância verbal, minha gramática de fato anda bem mal, mas sou um cara legal. Tenho muito gosto em escrever o que me vem à mente ou o que me chega aos ouvidos e visão, sou um observador nato desde minha aparição. Aqui é um palco de teatro não se engane há muito de quem escreve e muito de fantasia, mas não há bilheteria, então sinta-se a vontade, puxe sua cadeira e sente, estou quase sempre presente, me enrolo muitas vezes nessa de seguir quem me segue, me perco nesse mundo danado de internet. Não sou esnobe, sou pessoa bem simples, gosto da natureza, da boa mesa, do bom papo, não tenho hora, não uso relógio para controlar meu tempo, a muito me deixei ser levado ao vento, ora furioso que me derruba e machuca, ora bondoso que me embala em doçura. Chamo-me Cláudio El-Jabel, também podem me chamar de Kambami ou Kael, adoro distribuir carinho sem intenção outra que não seja da amizade ser bela, ser amiga, ser sincera, entendo que nossa vida é algo muito rápido e nem sempre dá tempo de nos conhecermos melhor, mas essa é minha apresentação, muito prazer, eu não esqueço vocês, já os tenho em meu coração, sejam bem vindo então.
Esta entrada foi publicada em ALIMENTO, COSMÉTICO, Ervas Medicinais com as etiquetas , . ligação permanente.

18 respostas a TRAPOERABA OU MARIANAS

  1. Mariana Gouveia diz:

    Show! Muito bom!
    Acho que a única que não tenho por aqui é a amarela.
    Obrigada

  2. Nossa! Que legal! Voltarei outra hora com mais tempo.
    Amo plantas!

    Ah! Favoritei 🙂

  3. Sandro diz:

    Olá!
    Gostei muito do texto.
    Estou com uma duvida em relação as comestíveis desta especie, você sabe se a Tradescantia zebrina é comestível, no caso as flores e folhas?

    Obrigado!

    • KAMBAMI diz:

      Olá Sandro! Muito boa sua pergunta e sua visita. Vamos primeiro esclarecer que não sou um especialista na área e sim um pesquisador da fauna e flora e um amante da Natureza. O conhecimento que tenho é que a variedade por você citada (Lambari – Tradescantia zebrina) não é comestível e sim usada como erva medicinal por quem detém seu conhecimento o que no caso mesmo sabendo não posso receitar aqui no site. Espero ter esclarecido e obrigado pela visita. Fique a vontade para comentar e pesquisar. Abraços! 🙂

  4. Neto diz:

    É fato que ela já se espalhou por todo o Brasil e não só por algumas regiões como mostra no mapa. Moro no Maranhão e um terreno que tenho ao lado de casa é lotado delas.

  5. Jurema diz:

    Tenho um arsenal de ervas em meu quintal que até então não sabia . Amei

  6. Robson Gomes diz:

    Sempre tive jabutis em casa e eles adoram. Fica aqui registrado como curiosidade.

    • KAMBAMI diz:

      Verdade a trapoeraba é admirada por vários animais, jabutis, coelhos, galinhas, porcos, cabritos, etc…
      Acredito eu que pela sua suculência, seja bem admirada e consumida por esses animais e até por nós mesmo em pratos exóticos ou tribais.
      Obrigado por seu registro é visita.👍😉

  7. Ana Clara diz:

    Olá,
    Amei a sua página. Comprei uma muda do gengibre azul recentemente, fiquei encantada pela planta e suas flores. Nosmeus canteiros tendo a trapoeraba azul. Qual a espécie mais adequada para forração? Cresce muito mato e gostaria de uma forração bonita. Tenho canteiros de sol pleno, outros de meia sombra. Pode me ajudar? Grata.

  8. Ana Clara diz:

    Bom dia,
    Obrigada pela sua resposta tão rápida. Acho que conversaremos muito daqui por diante. Amo plantas. Gostaria de ter mais espaço para cultivar tudo o que gosto. Tenho algumas plantas que não sei o nome, algumas eu já procurei, mas não achei nada sobre elas. Posso mandar as fotos para voce?

  9. Ana Clara diz:

    Não consegui abrir o link, deu mensagem de erro.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s